quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Os Homens do Lixo

Os homens do lixo, são aqueles que reúnem as boas aparências. Aparentam ser inteligentes, cultos, educados. Aparentam ter um estilo de vida saudável, conhecem uma ou duas coisinhas sobre astrologia, coisas áureas e espirituais, proclamam viver em harmonia... No fundo tentam apenas ser manipuladores..... mas não... não são exímios na arte de manipular...
falta-lhes um.... toque.. um je ne sais quois... qualquer elemento conector, capaz de estabelecer uma ligação coerente entre o que dizem e o que fazem... são assim rudes nos modos, broncos no trato, egoístas em se dar às outras pessoas e limitados....conhecem as suas limitações e por isso mesmo evitam dar-se, expor-se...

Uma mulher fisicamente atraente e ao mesmo tempo inteligente e interessante nas mãos de um Homem do Lixo é como dar pérolas a porcos, não sabem calcular nem tão pouco valorizar a pérola, para eles é outro tipo de bolota, que quando estão com “fome” “seduzem” com olhares de cachorros mal mortos, com frases feitas... proporcionam sexo bom, às vezes mau, mas regra geral muito bom... fazem crer que tudo é perfeito, mandam umas postas de pescada sobre o futuro em conjunto.... como cereja no topo do bolo, adjectivam as horas de sexo, foda pura, com algo como “Eu não fodo, eu faço amor contigo”... Same shit different name.... os Homens do Lixo, são aqueles que pintam um quadro com todas as cores, cores essas que deixam desvanecer com dias de silêncio, de ausência, de frieza... uma semana... semana e meia... duas semanas... até restar apenas uma tela com sombras de um cenário idílico.

Agora as pérolas que lhes calham na cama... essas pérolas que são mulheres atraentes, inteligentes, interessantes... questionam-se pela falta de interesse do Homem do Lixo, entristecem-se pela ausência de valor, de estima que o Homem do Lixo tem por elas... E este texto é para todas as pérolas, todas as mulheres lindas, inteligentes, interessantes que se deixam afectar pela ignorância do Homem do Lixo, deixam de angustiar pela incapacidade do Homem do Lixo vos saber dar valor... Amar alguém que não reconhece o valor que a companheira tem é o mesmo permitir que o Homem do Lixo (aquele senhor muito simpático que aparece para levar os restos mal cheirosos, os despojos das nossas vidas, o lixo que não cabe dentro da nossa casa, mas que não obstante a sua importância na limpeza das nossas ruas) vos chame feias, vos diga que são gordas, desinteressantes... que nunca viram mulher mais asquerosa...

Dariam importância se um daqueles senhores que vagueia pelas noites a reboque de um carro do lixo vos dissesse isso?
Claro que não, não é?
O nosso valor não vem dos olhos dos outros, não vem das palavras dos outros, vem de nós mesmas, é algo intrínseco, é algo que ninguém nos tira ou dá! É nosso!
Uma mulher não deixa de ser mulher, não deixa de ser atraente, não deixa de ser interessante só porque o Homem do Lixo não a valoriza!
As Mulheres devem saber isto... evitavam-se muitas horas perdidas, muitas noites de insónias e ainda mais angustias.Primeiro os homens queriam mulheres boas, não importava que fossem burras que nem umas portas, desde que fossem boas.... depois começaram a dizer que querem inteligentes, alguém com quem falar sobre assuntos vários além das novelas e da vidas das outras pessoas.... agora, apenas querem uma gaja cujo tamanho do cérebro seja inversamente proporcional ao tamanho das mamas.... de preferência mamas grandes

4 comentários:

afectado disse...

eu por acaso gosto que as gajas tenham o cérebro proporcional ao tamanho das mamas...

e tens razão quanto ao tamanho das mamas :)

Jessica disse...

:) obviamente que sim! :)

Doce Veneno disse...

Bem pensado jessica..

Gostei principalmente do 1º parágrafo.

E é lindo quando vemos que eles não sabem lidar com a nossa inteligência. Ou então quando ficam simplesmente abismados.

beijo

Jessica disse...

Doce_ é pena... alguns até sao bastante agradaveis à vista... :)
beijo